quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Cansei.



Cansei! Não adianta mais insistir. Foi-se o tempo em que preocupava-me com você, com seus ódios, pensamentos e utopias. Agora, ponha-se para fora. Cuide, a porta já está aberta. Quero que vá.

Cansei de mentiras. Cansei de delírios.
O que há de errado com você? O que há de errado comigo? O que há de errado entre nós?
Mal sabes que posicionamento ter diante imprevistos da vida. Mal acreditas que há salvação.

Quero vá e leves tudo que o trouxe.
Leve seu orgulho, sua infantilidade, sua indecisão e faça bom proveito.
De mim levarás apenas meu perdão.

6 opiniões compartilhadas:

Mensagem Efêmera disse...

Revoltou total!

Anônimo disse...

O que foi isso, meu amor?

Marcelo R. Rezende disse...

E o perdão tem o poder de libertar a pessoa e matá-la.

Luana Natália disse...

Saudades de ler textos seus, amiga.

Alquimista de Sonhos disse...

Hmm não muito o que falar sobre o texto.
Forte, talvez.

Anônimo disse...

Pesadelo?

Postar um comentário

Pode deixar sua opinião, ela me deixará muito feliz! ☺